Na sequência do comunicado emitido no dia 5 de janeiro de 2021, em decorrência da vinculação aos princípios da transparência e da publicidade, visando assegurar a prestação de esclarecimento público e o dever de informação, a Procuradoria-Geral da República torna público que, submetido ao primeiro interrogatório judicial de detido, nesta quarta-feira, e na sequência do requerimento do Ministério Público, foi aplicado ao arguido a medida de coação Prisão Preventiva.

 

Praia, 6 de janeiro de 2021

Procuradoria-Geral da República

 

Download em PDF

  • banner biblioteca a
  • banner denuncia
  • contacte nos email
  • Alerta Cidadao

Ministério Público

Direitos de autor © 2021 Ministério Público de Cabo Verde. Todos os direitos reservados.
Software de código aberto Joomla! Sob licença GNU GPL.